Ficou Mais Fácil Ingressos com desconto

Egito    

Pirâmides

EGITO

    Ficou Mais Fácil: Viajar

Bem Vindo!

Aqui a visita sempre imperdível visita às Pirâmides pelo olhar de nossa colaboradora Mahara Shams durante sua viagem ao Egito. Viaje conosco e divirta-se com nossas histórias e dicas!

Este portal está em constante atualização, portanto, siga-nos no Facebook e inscreva-se no nosso canal no Youtube, para ser notificado sempre que fizermos novas postagens. Fique em dia com os novos destinos e aventuras. Ajude-nos a manter este portal divulgando o nosso trabalho para seus amigos e parentes.



Studio Mahara Shams

O passeio mais esperado: Pirâmides!

As grandes pirâmides de Gizé: Quéops, Quéfren e Miquerinos foram construídas há cerca de 2.700 anos a.C., e chegar perto delas é uma emoção maior do que a esperada! Tocar, imaginar como foi possível a sua construção, vislumbrar a sua imponência e magnitude fazem a viagem ao Egito valer a pena.

É possível entrar na grande pirâmide, eu optei por não fazer esse passeio. Para entrar é necessário caminhar por alguns minutos com o tronco para frente (quase agachando no chão) por um corredor escuro até chegar em uma câmara pequena que não tem absolutamente nada e depois voltar de marcha ré! Não é recomendado para pessoas claustrofóbicas e como eu tinha sofrido um pequeno "desmaio" minutos antes, achei prudente ficar do lado de fora!

Também é possível subir os degraus para tirar fotos e existe um mirante perfeito para fotos e as vans te levam até lá! Vale lembrar que o calor é extremo, não existe nenhuma sombra nos arredores, os vendedores ambulantes são muito abusivos, se você olhar para eles já é sinal de que quer comprar e eles ficam assediando e te acompanhando até que comprem algo! O ideal é evitar olhar e deixar as compras para o final do passeio!

 
(Cenário irresistível para poses e fotos!)

Um opcional do passeio é a foto no camelo! Vale a pena, mas para quem tem medo de altura é preciso coragem pois o camelo é muito alto e ele sobe em duas vezes, na primeira você leva um tranco e fica mais ou menos na altura de um cavalo, até aí tudo bem, mas quando ele estica as pernas, você sobe muito alto!!! O tranco te chacoalha e aí é tentar relaxar! Minha experiência não foi a melhor! Os camelos que ficam nas pirâmides são mais estressados, o meu começou a ficar nervoso, batendo a pata traseira e mordendo o camelo do lado, eu entrei em pânico pois além da altura estava difícil de me segurar, comecei a gritar para descer! O guia ficou rindo até perceber o meu completo desespero, quando o camelo tinha descido até a metade eu desmaiei e quando dei por mim estava sendo carregada, durou pouco e logo já estava feliz tirando selfies e fotos de tudo que estava ao meu redor!

 
(Aventura radical!)

Bem próximo fica a famosa Esfinge! Confesso que esperava que ela fosse maior, mas isso não tirou a emoção! Tentei várias vezes fazer a famosa foto do beijo o resultado não foi dos melhores!

(Demonstração de afeto!)

Depois desse incrível passeio fomos fazer uma boquinha no Pizza Hut! O restaurante estava incrivelmente vazio, o turismo no Egito caiu muito depois da primavera árabe, as pessoas estão com medo de viajar para lá! Conseguimos uma mesa com vista para a esfinge e as pirâmides! A foto não ficou muito boa pois a janela fica fechada e é vidro fumê.

(Pausa para repor as energias.)

Na segunda parte de nossa viagem ficamos hospedados no Ramsés Plaza! Eu saí do Brasil dizendo que queria ficar longe da praça Tahrir, local onde 250 pessoas perderam a vida na revolução de 2011 e palco de todas as "confusões" do Cairo)

Bom, descobri que o hotel e o museu ficam ao redor dessa famosa praça! Quase tive um chilique mas adorei o hotel! Meu quarto tinha vista para o rio Nilo com os seus famosos barcos onde é possível desfrutar de shows de música e dança. O café da manhã era delicioso com direito a jovens mulçumanas encantadas com o jeitinho brasileiro das mulheres de nosso grupo! No lobby do hotel aconteciam shows de música árabe com shishas (narguilé) para os hóspedes! Uma das coisas que me impressionou foi ver da janela do restaurante do hotel o prédio que era sede do governo todo queimado, da outra janela via o museu e lembrava do cordão humano que fizeram durante a revolução para protege-lo de ataques ...

 
(Imersa na cultura egípcia!)
 

Para saber mais sobre mais passeios que fiz no Egito clique em:

  Cairo.

  Cairo: Museu do Cairo, Fábrica de Papiro, Cidadela e outros.

Este texto foi uma colaboração da fisioterapeuta, bailarina e professora de Dança do Ventre Mahara Shams. Visite a página do Studio Mahara Shams localizado em Belo Horizonte, MG. Informe-se sobre o estúdio de dança, seus cursos e horários disponíveis.

Se você também quiser colaborar com nosso Weblog, envie um documento Word (.doc) para colaborador@ficoumaisfacil.com.br e compartilhe suas experiências e fotos de viagens.


NOSSAS MÍDIAS

YouTube   Facebook   Instagram   Twitter





Alugue seu Carro aqui




Reserve seu Hotel aqui


Booking.com

Quem Somos    O Projeto    Mapa do Site    Fale Conosco

© Ficou Mais Fácil