Ficou Mais Fácil Ingressos com desconto

Cuba    

Havana

CUBA

    Ficou Mais Fácil: Viajar

Bem Vindo!

Aqui a visita a Havana, a histórica e pitoresca capital de Cuba. Patrimônio da humanidade, uma belíssima cidade que transborda alegria e diversão. Viaje conosco e divirta-se com nossas histórias e dicas!

Este portal está em constante atualização, portanto, siga-nos no Facebook e inscreva-se no nosso canal no Youtube, para ser notificado sempre que fizermos novas postagens. Fique em dia com os novos destinos e aventuras. Ajude-nos a manter este portal divulgando o nosso trabalho para seus amigos e parentes.



Havana, a capital de Cuba, é a maior cidade do Caribe, e um dos centros urbanos mais ricos em cultura do mundo. A valorização do passado colonial da cidade está à vista num deslumbrante conjunto de catedrais, mansões e museus. O bairro histórico de Habana Vieja (Velha Havana) é um fascinante local classificado como Património Mundial da UNESCO, com mais de 900 monumentos, incluindo o Palácio Presidencial e a Catedral.

 
(Habana Vieja - Gran Teatro)

Se você é do tipo que gosta de viajar a cidades históricas para visualizar como eram as coisas no passado e aprender um pouco de história, em Havana, não se preocupe, você terá a sensação de que voltou, literalmente, no tempo. A primeira impressão de quem pisa na cidade é a de estar em um lugar que foi "congelado" e se mantém igual ao que era nos anos 50. Prédios, carros e antiguidades por todos os lados fazem da cidade um museu a céu aberto.

   
(Carros antigos por toda parte - Capitólio)

Não tente associar tudo que já aprendeu sobre o comunismo com aquilo que se vê em Havana, pois você não conseguirá. O regime cubano não está nem um pouco próximo da ideia utópica de todos vivendo de maneira igual, com as mesmas condições e salários. Um pouco mais de tempo na cidade e perceberá isso rapidamente. Muitos cubanos vivem apertados em cortiços mal conservados. Entretanto, mesmo com toda a pobreza, você não verá ninguém passando fome ou vestindo trapos. Em contra partida, você verá cubanos em casas confortáveis e com padrões bem melhores.

 
(Habitações precárias - Casas mais confortáveis)

Um passeio pela Habana Vieja é indispensável. Normalmente há policiais monitorando os turistas, então pode passear tranquilo. Claro, sem se isolar. Você poderá ouvir apitos sempre que tentarem aproximar de você. É comum surgir alguém simpático (e os cubanos os são) para puxar assunto no meio da rua, como quem não quer nada. O principal objetivo da abordagem (se não ficar claro logo no início, você certamente irá descobrir no final) é pedir sabonete, perfume, dinheiro, comida, objetos, ou qualquer coisa que o turista estiver disposto a dar. Basta ficar atento e irá notar que essas pessoas ficam à espreita, esperando encontrar o momento ideal para pedir alguma coisa.
Cuidado para não cair na conversa dos cubanos que inventam os valores dos serviços de acordo com o que acham que você é capaz de pagar. Tente negociar tudo. Para nós, foi ótimo! Eles adoram os brasileiros! Se identificam com o nosso povo e sabem que nossa moeda vale menos, o que pode proporcionar um "descontinho", sempre.

 
(Passeando com total segurança...)

Mulheres que viajam sozinhas ou em grupos de mulheres devem estar preparadas para receberem muitas cantadas e olhares masculinos. Os cubanos não perdem a oportunidade de abordar turistas desavisadas e as avisadas também. Sim, nós estávamos em casal e recebi muitas cantadas, umas indiretas e outras bem diretas mesmo. Meu marido não podia me deixar nem para ir ao banheiro. Procurava sempre estar com um amigo por perto, para inibir um pouco... eu disse, um pouco. E atenção noveleiros: os cubanos conhecem tudo sobre as novelas brasileiras que passam na televisão. Aliás, eles conhecem mais o Brasil do que nós mesmos.

   
(... mas sempre acompanhada)

Não deixe de ir a Plaza de la Revolución, onde é impossível não sentir a forte energia da revolução comunista na ilha. A praça abriga uma torre de 129 metros em seu centro e de onde se tem a melhor visão do prédio do Ministerio del Interior, com um gigante desenho do líder argentino Che Guevara e a frase "Hasta la Victoria Siempre".

 
(Plaza de la Revolución)

Perca-se por Havana e suas ruelas. Saboreie os pratos típicos em paladares, restaurantes caseiros cujo nome se deve à novela brasileira "Vale Tudo" na qual a personagem Raquel Accioli interpretada pela atriz Regina Duarte comandava a rede de restaurantes "Paladar". Não deixe de experimentar os drinks à base do legítimo rum caribenho em algum dos marcos etílicos da cidade, em especial o La Bodeguita del Medio, onde o delicioso Mojito foi criado, e o La Floridita, ambos assiduamente frequentados pelo escritor norte-americano Ernest Hemingway.

   
(Dançar, beber, comer, divertir...)

Finalmente, reserve um tempo para caminhar pela avenida Malecón durante o pôr-do-sol. Afinal, a principal atração de Havana é a própria cidade. Caminhe muito! O amor de Cuba pela música e dança revela-se nos clubes, nos cabarets e na salsa improvisada nas calçadas. Você sempre irá se deparar com pessoas dançando nas calçadas. E senhoras fumando charutos com roupas exóticas. Mas não se engane! Ao tentar bater uma foto, elas ficarão bravas e lhe cobrarão um dólar pela foto. Passeie de bicicleta guiada por um cubano, ande de coco taxi e fique de olhar atento ao movimento das ruas. Você poderá se surpreender com cenas e situações inusitadas. Permita-se esquecer do tempo. Por mais que não tenha tempo suficiente para parar e observar, sentir Havana por um dia resultará numa memória de experiências únicas.

 
(De "charetecleta" ou de Côco Taxi, não importa. Apenas passeie!)

Para saber mais sobre alguns passeios imperdíveis que fizemos, clique nos links abaixo:

  Varadero

  Cayo Largo

DESTAQUE DA VIAGEM:  Dois olhares sobre Cuba: Cuba para turista. Cuba para Cubano.


NOSSAS MÍDIAS

YouTube   Facebook   Instagram   Twitter





Alugue seu Carro aqui




Reserve seu Hotel aqui


Booking.com

Quem Somos    O Projeto    Mapa do Site    Fale Conosco

© Ficou Mais Fácil