Ficou Mais Fácil Ingressos com desconto

Itália    

Roma

ITÁLIA

    Ficou Mais Fácil: Viajar

Bem Vindo!

Aqui a visita a Roma. Nossas experiências pelo belíssima e vibrante capital da Itália. Viaje conosco e divirta-se com nossas histórias e dicas!

Este portal está em constante atualização, portanto, siga-nos no Facebook e inscreva-se no nosso canal no Youtube, para ser notificado sempre que fizermos novas postagens. Fique em dia com os novos destinos e aventuras. Ajude-nos a manter este portal divulgando o nosso trabalho para seus amigos e parentes.



Viajar para Itália era um sonho antigo. Pela história, pelas paisagens, pela culinária e pela alegria do seu povo. Um conjunto de maravilhas que sempre me seduziu. Diante de tantas possibilidades, Roma em que passado e presente conseguem coexistir em perfeita harmonia, é imperdível. Caminhar pelas ruas de Roma é imprescindível, mas o metrô também é ótimo para ir a lugares mais distantes. Alugar um carro para andar pela cidade não me pareceu uma boa opção. Alugamos depois, para subir para a região da Toscana. E aí vai uma dica: alugue o menor carro que conseguir. Eles são mais caros, mas logo entenderá o porquê. Vão lhe oferecer excelentes carros, enormes, por ótimos preços, mas não caia nessa conversa. Para circular de carro, você precisará entrar em várias ruelas, que as vezes só nos damos conta que é rua, quando um carro vem passando grudado em você.

   
(Vários tipos de ruas)

Planejar uma viagem para Roma, requer muito planejamento. É fundamental ter em mente que tanto Roma quanto o Vaticano são destinos altamente turísticos. Ou seja, tudo precisa ser agendado com antecedência. Como o centro mundial do Cristianismo, a capital da Itália, abriga uma grande quantidade de templos religiosos que, além do lado religioso, são repletos de história e tesouros. Para visitar vários pontos da cidade o Roma Pass é uma ótima opção! Além de permitir a visita a vários passeios importantes da cidade, lhe permite andar em todos os meios de transporte de forma ilimitada, por dias determinados, contados a partir da primeira utilização. No próprio aeroporto você encontra um posto de atendimento do Roma Pass.

   
(À pé ou de transporte público)

Talvez a visita mais desejada seja ao Amphiteatrum Flavium ou simplesmente, Coliseu, como é popularmente conhecido. Um dos monumentos mais famosos do mundo, símbolo do império romano, que atrai mais de 3 milhões de turistas todos os anos. Construído inicialmente em 72 d.C. para combates entre gladiadores e shows que eram verdadeiras superproduções. Por exemplo, inundavam completamente a base para fazer batalhas de barcos e através de um complexo sistema de elevadores, içavam elefantes e outros animais exóticos que ficavam nos subterrâneo, para delírio do público. Tecnologias impressionantes para a época. Fizemos uma visita guiada ao 3º andar e ao subterrâneo do Coliseu. Vale pagar um pouco mais por esse passeio. Muito emocionante percorrer no subterrâneo pelos caminhos dos gladiadores antes das lutas e ver a vista que a plateia tinha dos espetáculos, imaginando aquele cenário no passado, há dois mil anos atrás, além da vista do entorno do Coliseu. Chega a dar uma sensação estranha em pensar quantos já morreram ali. Para o passeio você receberá fones de ouvido que permitirá escutar o seu guia. Ao fazer a reserva você deverá escolher um idioma, entre, italiano, espanhol ou inglês. Cuidado, pois os horários das visitas guiadas variam de acordo com o idioma escolhido.

 
 
 
(Amphiteatrum Flavium)

Nesse passeio faço questão de ressaltar a falta de organização na entrada do Coliseu. Logo que chega, você já se assusta com o tamanho das filas e com a quantidade de pessoas aglomeradas e bem desorganizadas. Embora estivéssemos com os passes reservados e pagos, ninguém dava informação precisa. Muitos agentes, em vários idiomas, tentam lhe vender a entrada facilitada, dizendo que aquela que você pagou ainda pega fila. Como somos brasileiros, não confiamos e insistimos até conseguir entrar sem pegar fila. Receosos pela demora do passeio, resolvemos comer antes, e foi uma opção acertada. Aconselho. Em volta do Coliseu você encontrará várias opções de lanchonetes e restaurantes. Mesmo depois dessa maratona toda, aconselho que volte à noite, mesmo que seja em outro dia, para ver o Coliseu iluminado.

 
(Filas e desorganização)

Depois aproveite e estique o passeio ao Arco de Constantino e ao Monte Paladino, local onde ficam ruínas das casas dos imperadores e bem próximos ao Coliseu. Ali, também, fica o Fórum Romano, mais um dos locais imperdíveis de Roma. Isso porque as ruínas que estão no local foram um dia o centro da vida cívica e econômica na Roma republicana.

   
   
(Tudo muito perto, mas tem que ter disposição)

Quem não gostaria de conhecer a famosa e exuberante Fontana de Trevi e jogar uma moedinha na fonte como manda a tradição? Infelizmente ela estava em reforma, e pouco conseguimos ver. Várias lendas são propagadas em relação a mais bela fonte do mundo, mas a lenda mais conhecida e tradicional, é aquela que diz que, se um estrangeiro ou um forasteiro for a Roma, e apaixonar-se pela cidade ou pela a sua gente, deve antes de partir, ir à Fontana di Trevi, virar-se de costas e jogar uma moeda em suas águas. Isso irá garantir a volta à cidade. Embora a fonte estivesse seca, as pessoas continuavam jogando as moedas. No nosso caso, independente da moeda, sabemos que a volta para ver a fonte funcionando será obrigatória.

 
(Em obras!)

Um passeio muito legal é ao Panteão, templo de todos os deuses. É um imponente monumento arquitetônico clássico, que resistiu não só ao tempo, mas também às várias transformações sofridas ao longo dos anos. Está localizado na Praça da Rotonda, bem no centro da cidade. Muito bonito em seu interior também! Na praça, é possível encontrar várias pessoas, passeando, conversando ou paradas, curtindo artistas que se apresentam por ali. Tivemos a felicidade de escutar um show de um músico tocando Pink Floyd, em plena praça, com aquele cenário lindo. Foi uma delícia!

   
(Panteão na Piazza della Rotonda)

Outro imponente e belo monumento Victorio Emanuelle, encontramos sem querer em nossas andanças. Inaugurado em 1911, possui uma grandiosa construção, toda em mármore, feita em homenagem e honra ao Vitor Emanuelle, rei da Itália na época. Muito bonito! Foi uma grata surpresa.

 
(Caminhando ao acaso)

Estando em Roma, independente da sua religião, ir ao Vaticano é fundamental. Seja por motivos religiosos, ou pela história do mundo moderno. Afinal, é um passeio bem diferente, pois entramos em outro país, dentro de uma cidade. E isso, por si só, já é bem curioso. Separe um dia para essa visita e faça todas as reservas de passeio com antecedência, pela internet, ainda aqui no Brasil.


   
(Visitando o Vaticano)
Visite também a Piazza del Popolo (Praça do Povo), local que chama a atenção pelo tamanho e pela quantidade de elementos presentes no mesmo espaço e o Porta Portese, um mercado de pulgas de Roma e que, como em todo bom mercado de pulgas, é possível encontrar de tudo a excelentes preços. Essa viagem foi maravilhosa! Fizemos somente eu e meu marido. Depois de Roma, alugamos um carro e seguimos para a região da Toscana (nas cidades medievais: Volterra, San Gimignano e Montepulciano, Siena, Pisa e Florença), seguindo até Veneza, em mais uma deliciosa lua de mel.



Em Roma não deixe de visitar o VATICANO


Vaticano

Vaticano



NOSSAS MÍDIAS

YouTube   Facebook   Instagram   Twitter





Alugue seu Carro aqui




Reserve seu Hotel aqui


Booking.com

Quem Somos    O Projeto    Mapa do Site    Fale Conosco

© Ficou Mais Fácil