Ficou Mais Fácil Ingressos com desconto

Espanha    

Barcelona

ESPANHA

    Ficou Mais Fácil: Viajar

Bem Vindo!

Aqui a visita a Barcelona, a belíssima e arquitetônica capital da Catalunha na Espanha. Viaje conosco e divirta-se com nossas histórias e dicas!

Este portal está em constante atualização, portanto, siga-nos no Facebook e inscreva-se no nosso canal no Youtube, para ser notificado sempre que fizermos novas postagens. Fique em dia com os novos destinos e aventuras. Ajude-nos a manter este portal divulgando o nosso trabalho para seus amigos e parentes.



Uma das cidades que queria conhecer na Espanha era Barcelona. Cidade bem conhecida como centro de design e arquitetura catalã. Em Barcelona falam-se duas línguas oficiais: catalão, falado em toda a Catalunha, e o espanhol castellano. Os menus e placas veem nos dois idiomas, o que facilita, pois o catalão é muito diferente. Suas avenidas são grandes e tem muitos centros comerciais, indústrias e universidades. Além disso, podemos curtir natureza, montanhas, parques e praias. Cultura? É muita! Museus, galerias, obras de arte, design estão por toda a parte, sem deixar de lado a vida noturna com as inúmeras opções de shows, boates e bares. Por todas as ruas nos deparamos com exemplos góticos e modernistas, estampados em prédios e monumentos, sendo alguns de autoria de Picasso, Miró e Gaudí.

  
 
(Museu a céu aberto)

Encontramos também o Arc del Triunfo, que ao contrário que muitos pensam, não comemora nenhuma vitória. Ele foi construído para a Exposição de 1888 e era a porta de entrada do evento. Hoje tornou-se mais um símbolo da cidade, embelezando ainda mais Barcelona.

 
(Arco do Triunfo catalão)

Um passeio imperdível, é a monumental igreja inacabada: La Sagrada Família. Obra mais famosa, ambiciosa e simbólica da cidade, de autoria de Antoni Gaudí. Foi iniciada em 19 de abril de 1882 a partir do projeto arquitetônico de Francisco de Paula del Villar, mas ao final de 1883, Gaudi foi encarregado de continuar a obra. Entretanto morreu antes de concluí-la, em 1926, não chegando a ver seu majestoso projeto terminado. Em frente, tem um parquinho que dá para sentar e descansar as pernas, enquanto as crianças brincam.

  
(Templo Expiatório da Sagrada Família)

Como toda cidade europeia, a melhor maneira de conhecer Barcelona é caminhando pelas ruas. E por essas andanças nos deparamos com a Casa Milà: La Pedrera, outra obra-prima de Gaudí, que foi construída entre 1905 e 1910 para a família Milá. É possivel visitar até o telhado e ver uma vista de tirar o fôlego. Uma visão espetacular de Barcelona com um belíssimo pôr do sol. O ferro forjado também pode ser conferido nas formas de varandas imitando formas vegetais. Bem próximo, encontramos a Casa Batlló, também de Gaudí. Uma deslumbrante criação de 1875 e tão inspiradora como La Pedrera.

 
(Gótico moderno)

Sinônimo de Barcelona, Las Ramblas, é um passeio muito legal! São 1.2 km para você andar no coração da cidade que segue fervilhando de dia e de noite. Você verá todos os tipos de barracas, cafés, restaurantes, bares e performers de rua, tudo acontecendo ao mesmo tempo. Inclusive shows flamenco, que tentamos assistir, mas deixamos para o último dia e não conseguimos reserva. Então, se quiser assistir algum, programe-se com antecedência, pois ficam lotados. Conseguimos de última hora, no máximo, comer uma paeja em um dos inúmeros restaurantes espalhados pela rua. No final das Ramblas, em direção ao mar, encontramos à estátua de Colombo, descobridor da América.

 
(Curtindo a noite catalã)

Outro passeio que recomendamos é uma ida ao Parque Montjuic que fica numa montanha, que lhe permitirá ver a Les Arènes, uma antiga arena onde os Beatles tocaram em 1966. Lá está localizado a Fundacion Joan Miró, e perto dali no Palau Nacional o Museu Nacional d'Art de Catalunya. São dois os acessos ao parque: pela Plaça Espanya e pelo extremo Oeste, utilizando o funicular ou fazendo uma viagem aérea no Aeri del Port, o teleférico da cidade. Optamos por subir de teleférico. Talvez essa tenha sido a pior parte da nossa estadia em Barcelona. Não o passeio que foi espetacular, mas achar a entrada do teleférico foi uma loucura. Ninguém nos dava informação precisa e não encontrávamos sinalização. Fomos e voltamos inúmeras vezes, esgotando nossas pernas, até achar. Próximo do Aquarium da cidade, mas com uma entrada quase imperceptível dependendo do lado que está. Ao final, valeu a pena. O passeio é lindo e conseguimos descansar lá em cima, tomando um drink e curtindo a vista do mar de Barcelona.

  
  
(Parque Montjuic)

Outro parque que destacamos e nos apaixonamos, foi o Parc de La Ciutadella. Situado no bairro de Ciutat Vella, o local abriga também, o Zoológico de Barcelona, a sede do Parlamento da Catalunha e os museus de Geologia e Zoologia. Achamos sem querer a entrada. Caminhávamos e vimos que era um parque. Sem saber do que se tratava, entramos. Que grata surpresa! O parque é lindo! Ficamos boas horas por lá. É perfeito para fazer exercícios físicos, relaxar ao ar livre ou fazer piqueniques, além de curtir uma paisagem maravilhosa!

  
  
(Parc de La Ciutadella)

Um passeio que para alguns pode ser dispensável, mas que para nós era certo, foi ao estádio de futebol Camp Nou, do Barcelona. Assim como o meu filho mais velho, queria ir ao Santiago Bernabeu em Madri, meu filho caçula queria conhecer o Camp Nou, já que é torcedor do Barça. Confesso, que esse estádio, até eu queria conhecer. Afinal, é a casa de um dos times mais famosos do mundo. O Camp Nou, foi inaugurado em 24 de setembro de 1957 e está no distrito residencial de Les Corts. Com capacidade para 99 354, o Camp Nou é agora o maior estádio na Europa. Entretanto, a capacidade total variou ao longo dos anos, graças a diferentes modificações. É possível ver a interminável coleção de troféus do clube, além de objetos de jogadores importantes na história do Barça, muitos deles brasileiros. Fizemos um tour que permite a visita ao vestiário do time visitante, ao gramado, as arquibancadas do estádio, as cabines de imprensa e a sala de imprensa. Embora seja um estádio bem mais simples que o do Real Madrid, tem uma energia inquestionável, afinal Barcelona "més que un club". Tentamos assistir um jogo Barcelona X Espanõl, o clássico da cidade. Mas o preço, para sentar em um péssimo local, era absurdo, principalmente se comparado com a importância daquele jogo para nós (rsrsrs), então desistimos. Fomos até o estádio de metrô e compramos o ingresso para o tour lá na porta mesmo. Quando saímos, passeamos pelo shopping ao lado do estádio e pelo bairro que é bem gostosinho.

 
  
(Por dentro do Camp Nou)

Aproveito para destacar um passeio, mais local e menos turístico, pela Ramblas de Poblenou. É uma das ruas mais largas da cidade e fica localizada no bairro de Poblenou, no distrito de San Martín. É também conhecida como Paseo del Triunfo e é bem charmosinha. São várias lojas, restaurantes e bares espalhados por toda rua, que termina em uma praia linda, com um calçadão delicioso, em que muitos moradores, caminham, andam de bicicleta, patins e patinetes. Ao fim do dia, parece que todos os moradores vão para a rua e ficam andando de um lado para outro, ou simplesmente parados em pé, em grupos conversando e rindo bastante. Bem legal! Bem Barcelona! Além disso, Ramblas de Poblenou, é o início da Avenida Diagonal, uma das maiores e mais importantes avenidas de Barcelona, que merece uma caminhada de dia e de noite.

 
 
  
(Passeando pelo Poblenou)


NOSSAS MÍDIAS

YouTube   Facebook   Instagram   Twitter





Alugue seu Carro aqui




Reserve seu Hotel aqui


Booking.com

Quem Somos    O Projeto    Mapa do Site    Fale Conosco

© Ficou Mais Fácil