Ficou Mais Fácil Ingressos com desconto

Destaques      

DESTAQUES


COMO ORGANIZAR UMA VIAGEM COM AMIGOS

Viajar com amigos pode ser uma experiência ótima ou destruir a amizada. Veja nossas dicas para uma viagem de sucesso em boa companhia. Algumas viagens ou passeios se destacam pelas paisagens, lembranças, cheiros, cores, sabores, sons... Enfim, quando viajamos, todos os nossos sentidos ficam em alerta e nos remetem às sensações que trazem reflexões que entendemos como importantes ressaltá-las aqui.

Este portal está em constante atualização, portanto, siga-nos no Facebook e inscreva-se no nosso canal no Youtube, para ser notificado sempre que fizermos novas postagens. Fique em dia com os novos destinos e aventuras. Ajude-nos a manter este portal divulgando o nosso trabalho para seus amigos e parentes.



Destaques da Viagem: CHILE

Como planejar os passeios na sua viagem?



(Oito amigos, um destino)

Depois de definido o destino da viagem, o desafio é o planejamento dos passeios. Esse desafio pode se tornar maior e mais complexo, na medida em que o número de pessoas envolvidas no processo também for maior. Os interesses se tornam mais diversificados e o orçamento também pode ser diferenciado. Se tiver crianças então, o grau de dificuldade de se chegar a um desejo comum, é quase um sonho. Ajustar essas diversidades pode ser bem difícil e até impossível, se a sinergia do grupo não for legal. Por isso, saiba escolher os companheiros certos para cada destino. No nosso caso, a escolha dos companheiros para essa viagem, não poderia ter sido melhor. Por isso, o destaque dessa viagem para Santiago, vai para o planejamento dos passeios em uma viagem.

 
(Santiago - Cosmopolita e histórica)

Com muita antecedência sabíamos dos amigos que iriam conosco, então começamos a busca pelo melhor destino. Nesse caso, estávamos com milhagens acumuladas e a ideia era utilizá-las. O Chile nos ofereceu o melhor custo benefício naquele momento. Santiago é uma cidade bonita, acessível, romântica e famosa por seu vinho. Além disso, ainda não a conhecíamos. A amiga que foi conosco, já conhecia, mas aceitou o desafio de nos acompanhar e viver uma experiência bem diferente, já que anteriormente havia sido em um programa a dois. Esse era nosso desafio: passar as férias com as crianças em Santiago, que diga-se de passagem, é bem interessante para casais apaixonados!


(Momento a dois)

Se você precisa de mais motivos para ir correndo para lá, saiba que o jornal norte-americano The New York Times colocou a cidade no topo dos 41 lugares para se conhecer em 2011. Vejam só o link: Lista The New York Times. (http://www.nytimes.com/2011/01/09/travel/09where-to-go.html?_r=0) Chique, não?

Uma das primeiras coisas que definimos, foi que passaríamos uns dias hospedados em Viña del Mar e daríamos uma passeada em Valparaiso. Confesso que foi uma escolha bem acertada. Esses dias hospedados a beira mar, em uma cidade que nos lembrou muito o astral das nossas cidades praianas, foi muito bom e divertido! Como bons brasileiros que somos, queríamos tomar uma cervejinha na praia, mas isso não é permitido no Chile. A alternativa foi comprar garrafas de piña colada e morrito vendidas nos supermercados, para levar na bolsa... É. Somos brasileiros mesmo! Com todos os defeitos e qualidades inerentes a esse povo tão especial. Embora a água do pacífico seja geladíssima e 7 em cada 10 praias sejam impróprias para banho, aceitamos o desafio. E enquanto conversávamos e olhávamos para aquela paisagem maravilhosa, as crianças se divertiam jogando bola na areia e tentando molhar as pernas, que era o máximo que conseguiam fazer naquela água gelada.


(Mar só para os fortes)

Éramos um grupo de 3 adultos e 4 crianças, todos meninos e nos divertimos muito! Antes de ir, pesquisamos tudo sobre o que poderíamos fazer com as crianças lá... e fizemos tudo! Alguns passeios foram definidos de antemão, sem pensar muito, pois já estavam determinados particularmente. Minha amiga queria ir a uma vinícola específica e eu queria ir a Laguna del Inca em Portilho. Sempre intercalando passeios do interesse dos adultos e interesse das crianças. Assim, conseguimos aproveitar tudo, sem estressar ninguém. Quando dividimos os interesses, todos se divertem e aprendem a esperar pela sua escolha. E não é difícil de acontecer de as vezes gostarmos até mais da escolha do outro. Então, esse rodízio de interesses, além de ser bem educativo para as crianças, nos permite viver experiências fora dos nossos interesses e que podem ser bem legais e inimagináveis.

Logo, estando o destino fechado, os companheiros estabelecidos, recomendo para a escolha dos passeios locais:

  1. Leia tudo sobre o local que vão ficar e se tiver com crianças leia sobre as experiências de outros que foram com crianças. Para isso, usem revistas de viagens, internet e TripAdvisor, nosso blog, etc. Estudem mesmo o local! Confesso que para mim, a melhor escolha e mais acertada até hoje, foram as leituras dos Blogs de viagem. Eles trazem detalhes específicos que nenhuma agencia irá lhe passar, embora a maioria seja para casais e mochileiros. Por isso, criamos o nosso, para ajudar nos roteiros, assim como outros tantos nos ajudaram, além de nos permitir trazer experiências com crianças, que pouco se tem registrado, principalmente em roteiros nada infantis ou familiares.
  2. Defina primeiro, aqueles passeios que todos fazem questão e contemple pelo menos uma escolha de cada viajante. Normalmente, quando pensamos em um destino, já temos definido o que gostaríamos de visitar lá. Seria muito frustrante não atender esse sonho.

  3. (Provando uma Pinot Noir na vinícula)


    (Admirando Laguna del Inca em Portillo)

  4. Escreva todas as datas da viagem e comece a planejar diariamente cada passeio, para ver o que poderá fazer. Não que precisará seguir à risca, mas isso lhe ajudará a dimensionar seu tempo.
  5. Pesquise na internet o valor do câmbio e os preços dos passeios. Confira nos Blogs se é conveniente comprar antes ou no local. Isso pode variar muito. Com isso, vá adequando os seus gastos ao seu orçamento.
  6.  
    (Curtindo com as crianças: Fantasilandia e no Buin Zoo)

  7. Confira as sugestões de dias para cada cidade, mas não confie cegamente nessas orientações. Use-as apenas como referência. Cuidado para não marcar muita coisa para o mesmo dia. Certifique-se do tempo adequado para gastar em cada lugar e da sua disposição para cada passeio. Sempre aumente o tempo, caso seja a sua principal escolha. Sendo em cidades diferentes, antes de arriscar o bate-volta, verifique as quilometragens no google maps para ver se é possível e viável. Às vezes, pegar uma diária em um hotel mais em conta, só para dormir, pode ser bem interessante.
  8. Estude todas as possibilidades para se chegar no local. Nessa viagem, fomos a Vinã del Mar de van (combinada no aeroporto e pode pechinchar que o preço cai muito), a Valparaiso (de ônibus por conta própria), a Portilho e vinícola de van (combinada em uma agência local, vale pesquisar, pois os preços diferem muito) e todos os outros passeios de ônibus coletivos e metrô. É muito fácil se locomover no Chile, mas cuidado! Tem muito batedor de carteira na cidade. Tentaram levar a do meu marido dentro do ônibus, enfiando a mão dentro do bolso da calça. Só não verificaram que tipo de turista éramos e, como brasileiros, somos mais rápidos e ágeis que eles... Meu marido o agarrou pelo braço, o motorista parou e ele foi jogado ao chão devolvendo a carteira. Foi um susto! Mas depois rimos demais da situação... o coitado ficou mais assustado que nós. Ressaltamos: não tente assaltar brasileiro! Sabemos nos defender como ninguém... rsrsrs... Até isso foi importante para as crianças. Tivemos uma chance e tanto de dar uma aula sobre a situação vivida.

  9.  
    (Metrô ou Ônibus. Tanto faz. O importante é ir)

  10. Se tiver crianças no grupo, sempre inclua passeios para eles. Eles aceitarão suas escolhas com muito mais facilidade e aprenderão a conviver em grupo, cedendo, impondo e negociando quando necessário.

  11. (Divertindo com as crianças no Museu Interativo)

  12. Analise os percursos de uma visita a outra e se for possível faça a pé. Dessa forma você caminha pela cidade e percebe muito mais a sua arquitetura e o seu povo. As vezes nos deparamos com lugares maravilhosos ou inusitados que não são descritos por não serem famosos.
  13.  
    (Santiago - Arquitetura única)

  14. Toda viagem dispende um gasto a mais, então não podemos deixar de curtir algo específico só porque alguém do grupo não vai. Essa conversa de que estamos juntos e vamos fazer tudo juntos, funciona quando estamos na nossa cidade. Se necessário, faça passeios separados, mas isso já deve ser pré-estabelecido para não gerar desconforto ao grupo. Claro, que quando o grupo está afinado, dificilmente isso ocorre, mas por exemplo, suponha que você tem meninos e seus amigos meninas, vai chegar um momento que os programas vão ser diferentes. Você não vai pagar um passeio a mais, para levar seu filho para ver a Barbie, ou a sua filha para jogar futebol, a não ser que eles gostem. Se separarem em algum passeio durante o dia, combinem um jantar para reaproximação do grupo a noite. Funciona super bem!
  15.  
    (No restaurante Giratório com a família - Futebol pros meninos)

  16. Pesquise sobre o que a população local gosta de fazer em seus momentos de lazer e procure participar dessa experiência. É fantástico perceber as diferenças culturais de cada local. Além de ser um grande aprendizado.

(Santiago histórico)

Essa viagem me marcou como surpreendente. Fui achando que não seria muito legal, principalmente estando com as crianças. Tive receio por elas. Entretanto, foi maravilhosa! Viemos embora com a sensação de que deveríamos ter ficado mais e que queremos voltar em outras cidades do Chile. Todo destino pode lhe surpreender positiva ou negativamente, mas tenha certeza, que o planejamento dos passeios irá contribuir bastante para ambos os casos, além das companhias perfeitas, claro!


(Estrada para Portillo - Gostinho de quero mais!)

Alexandra.

Saiba mais sobre outras reflexões de nossas andanças pelo mundo em nossa página: Destaques


NOSSAS MÍDIAS

YouTube   Facebook   Instagram   Twitter





Alugue seu Carro aqui




Reserve seu Hotel aqui


Booking.com

Quem Somos    O Projeto    Mapa do Site    Fale Conosco

© Ficou Mais Fácil